Pesquise mais receitas do Dom Manjericão:

Arroz Maria Isabel

Arroz Maria Isabel, típico do Piauí!

Antes de mais nada o arroz Maria Isabel é um prato preparado com carne de sol, charque ou carne seca que surpreende no sabor.

Segundo a lenda  a origem do Arroz Maria Isabel foi preparado por uma mãe que retirou um pedaço de carne do alforje do seu marido que iria trabalhar.

Naquela época só os homens comiam carne e a mulher resolveu cozinhar cubinhos de carne com arroz para servir para a família toda e dando assim o nome das filhas Maria e Isabel.

Porém uma outra versão vem do romance histórico “O Escravo e o Senhor da Parnahiba”, onde o autor Enéas Barros encontra a origem do prato na biografia de Simplício Dias da Silva, que foi um poderoso fazendeiro da então Vila de São João da Parnaíba, no início do século 19 – Maria Isabel teria sido a mulher do personagem.

Maria Isabel ou Maria Izabel como também pesquisei pela internet afora é muito comum no Estado de Mato Grosso e foi introduzido na tradição cuiabana pelos garimpeiros que chegaram a cidade.

Em síntese quero deixar claro que aqui criei a minha versão do Arroz Maria Isabel, fiz um apanhando geral de inúmeras receitas usando os ingredientes mais comuns entre elas e o seu preparo.

Resumo da receita de arroz Maria Isabel:

Pois é um arroz colorido preparado com cebola, tomate, colorau carne seca e finalizado com um refogado de abóbora. Irresistível!

O Arroz Maria Isabel é uma iguaria repleta de sabores e sempre presente na culinária nordestina,  principalmente nas festas juninas.


 

Destaque na culinária nordestina, o Arroz Maria Isabel leva em seu preparo alimentos rotineiros nas refeições dos brasileiros como arroz e legumes, além de carne seca, é claro,

Então separe os ingredientes da dispensa:
Ingredientes:
  • 500 gramas de carne seca, charque ou carne de sol
  • 2 xícaras de chá de arroz cru
  • 3 dentes de alho
  • 1 cebola grande
  • 2 tomates
  • 1 colher de sopa de colorau
  • 1 pimenta de cheiro
  • Caldo de carne (usei caseiro) ou água para o cozimento do arroz.
  • Manteiga de garrafa
  • Banha de porco (ou outra gordura)
  • Sal a gosto
  • Pimenta do reino a gosto (uso moída na hora)
  • Cheiro verde a gosto
  • 250 gramas de abóbora cabotiã em cubinhos 
Modo de preparo:
Primeiro passo: 24 horas antes do preparo do arroz:

Em primeiro lugar comece picando a carne seca em cubos pequenos, remova o excesso de gordura se houver.

Em segundo lugar deixe a carne dessalgando por 24 horas trocando a água 3 vezes.

Passado esse tempo, escorra a água e reserve.
 
Segundo passo, preparo do mise en place:
 
Primeiramente higienize os vegetais e temperos.
 
Agora pique em cubos pequenos a cebola, o alho e o tomate, pimenta de cheiro tomando o cuidado de retirar as sementes.
 
Terceiro passo: Refogando o arroz
 
Nesse momento aqueça uma panela, coloque banha e frite a carne seca aos poucos até ficar bem dourada.
 
Junte a cebola picada, pimenta de cheiro, coloque uma pitada de sal, se necessário coloque mais um pouco de banha.
 
Assim que a cebola murchar junte o alho e deixe refogar por 1 minuto.
 
Em seguida junte o tomate sem sementes e e o colorau vá raspando o fundinho da panela, é importante tirarmos esse douradinho que ficou para dar mais sabor ao arroz.
 
Logo após esse processo junte o arroz, coloque um pouquinho de manteiga de garrafa e frite por mais alguns minutinhos, mexendo sempre.
 
Quarto passo: Cozimento do arroz:
 
Agora junte o caldo de carne caseiro ou água (4 xícaras), acerte o sal, deixe no fogo alto até chegar a água baixar na altura do arroz.
 
Abaixe o fogo, tampe e deixe o arroz secar, se necessário coloque um pouco mais de água.
 
Despeje uma colher de sopa de manteiga de garrafa na panela e deixe o arroz descansar 10 minutos.
 
Enfim abra a tampa, afofe o arroz com um garfo e misture bem.
 
Por cima do arroz coloque a abóbora douradinha e coloque salsinha e cebolinha.
 
Quinto passo: Enquanto o arroz ferve prepare a abóbora:
 
Aqueça uma frigideira, coloque banha ou manteiga de garrafa (pode ser azeite ou óleo) junte alho picado, um pouco de pimenta de cheiro, uma pitada de sal.
 
Assim que aquecer coloque os cubos de abóbora e vá mexendo de vez em quando até os cubos dourarem.
 
Agora acerte o sal, coloque pimenta do reino. Reserve.
 
Montagem do prato:
 
Para montar o prato ou uma travessa coloque o arroz e por cima coloque os cubinhos de abóbora, salpique cheiro verde.
 
 
Agora que aprendeu como preparar Arroz maria Isabel típico de Piauí, imprima a receita e leve contigo:

Arroz Maria Isabel

arroz de uma panela só, prato típico do Piauí, com carne seca
Prep Time1 d
Cook Time40 mins
$10 mins
Total Time1 d 50 mins
Course: prato principal
Cuisine: caipira
Keyword: 1 panela só, prato típico festa junina
Servings: 4 porções
Calories: 10kcal
Author: Ana Vasques
Cost: médio

Equipment

  • fogão
  • panela

Ingredients

  • 500 gramas de carne seca
  • 2 xícaras de arroz cru
  • 3 dentes de alho
  • 1 unidade de cebola grande
  • 2 unidades de tomate
  • 1 unidade de pimenta de cheiro
  • manteiga de garrafa
  • banha de porco ou outra gordura
  • caldo de carne caseiro ou água
  • sal, pímenta do reino, cheiro verde picado
  • 250 gramas de abóbora cabotiã

Instructions

  • Em primeiro lugar comece picando a carne seca em cubos pequenos, remova o excesso de gordura se houver.
    Em segundo lugar deixe a carne dessalgando por 24 horas trocando a água 3 vezes.
  • Passado esse tempo, escorra a água e reserve. Agora pique a cebola, o alho e o tomate, pimenta de cheiro tomando o cuidado de retirar as sementes. Nesse momento aqueça uma panela, coloque banha e frite a carne seca aos poucos até ficar bem dourada. 
  • Junte a cebola picada, pimenta de cheiro, coloque uma pitada de sal, se necessário coloque mais um pouco de banha. Assim que a cebola murchar junte o alho e deixe refogar por 1 minuto. 
  • Em seguida junte o tomate sem sementes e e o colorau vá raspando o fundinho da panela, é importante tirarmos esse douradinho que ficou para dar mais sabor ao arroz. 
  • Logo após esse processo junte o arroz, coloque um pouquinho de manteiga de garrafa e frite por mais alguns minutinhos, mexendo sempre. Agora junte o caldo de carne caseiro ou água (4 xícaras), acerte o sal, deixe no fogo alto até chegar a água baixar na altura do arroz. 
  • Abaixe o fogo, tampe e deixe o arroz secar, se necessário coloque um pouco mais de água. Despeje uma colher de sopa de manteiga de garrafa na panela e deixe o arroz descansar 10 minutos. Enfim abra a tampa, afofe o arroz com um garfo e misture bem.
  •  Por cima do arroz coloque a abóbora douradinha e coloque salsinha e cebolinha. Enquanto o arroz ferve prepare a abóbora: Aqueça uma frigideira, coloque banha ou manteiga de garrafa (pode ser azeite ou óleo) junte alho picado, um pouco de pimenta de cheiro, uma pitada de sal. 
  • Assim que aquecer coloque os cubos de abóbora e vá mexendo de vez em quando até os cubos dourarem. Agora acerte o sal, coloque pimenta do reino. reserve. Para montar o prato ou uma travessa coloque o arroz e por cima coloque os cubinhos de abóbora, salpique cheiro verde.

Um pouco de conhecimento:
Sobre o arroz:

O arroz branco é fonte de energia, uma vez que é rico em carboidratos.

Porém, seu valor nutricional é bastante prejudicado durante o processo que vai desde a exclusão da casca até o polimento final.

Diferença entre arroz branco e parboilizado:

O arroz parboilizado, em comparação com o branco, possui mais nutrientes. No momento em que ele passa pela primeira etapa de parboilização, ou seja, quando é parcialmente fervido, os nutrientes presentes nas cascas são integrados aos grãos.
Carne seca:

Embora, vez em quando confundida com o charque ou a carne de sol, a carne seca necessita, além da salmoura, poucas horas de exposição solar.

Em compensação a carne para a produção do charque é envolta em uma quantidade generosa de sal e fica exposta vários dias ao sol.

 

arroz maria isabel

Dica Dom Manjericão:

 
Por fim, sirva com tartar de banana, ovo frito, farofa de alho simples e crocante, banana da terra frita, vinagrete de tomate, farofa de banana, mandioca ou banana chips, mandioca passada na manteiga de garrafa.
 
Eventualmente se sobrar arroz, faça bolinho frito, assado, omelete de arroz ou congele, porém não desperdice.
 
Comentários da cozinheira:
 
Certamente é um prato que alegra ao paladar de pessoas que curtem pratos sertanejos, caipiras com vegetais e carnes preparados em uma panela só.
 
Aliás saiba que no site temos inúmeros pratos que utilizam apenas a uma panela, trazendo praticidade e agilidade para a sua refeição.
Conheça também:
Galinhada, arroz com costelinha na pressão, arroz com suã,  bem como paella caipira, que é preparada com carne de frango, embutidos e carne suína.
Salve a receita nas suas Pastas do Pinterest e não perca a inspiração desse delicioso Arroz Maria Isabel
arroz maria isabel 

Você pode gostar também

error: Content is protected !!
Fígado com molho de limão e ervas Bife fácil na panela de pressão, sem sujeira de fritura!! Aprenda: Geleia de abacaxi com pimenta, levemente picante Picles de pepino – Conserva caseira fácil Sopa de beterraba assada – Sirva fria ou quente
%d blogueiros gostam disto: