Pesquise mais receitas do Dom Manjericão:

Congelamento de arroz refogado

Congelamento de arroz refogado para deixar a vida mais prática.

.Parece que é loucura fazer congelamento de arroz refogado, mas não é. Depois de conhecer a simplicidade do modo de preparo duvido que não queira fazer também e ter sempre no freezer.

Durante toda a minha vida congelei o arroz cozido (ainda mantenho para os momentos ainda mais corridos) colocava em embalagens próprias ou saquinho de congelar e depois descongelava e aquecia. Quando descobri esse método fiquei fascinada e logo fui conferir.

Testei algumas vezes para ver se dava certo qual e seria a melhor forma de congelamento e o resultado é incrível e nunca mais o freezer ficou sem alguns potinhos de arroz refogado.

Ter arroz fresquinho com um mínimo de trabalho é uma delícia, poupamos uma boa parte de tempo em picar os temperos e fazer a refoga.

Poupar tempo nesse mundo corrido em que vivemos é imprescindível, por isso dicas assim facilitam o nosso dia a dia.

Ingredientes:

  • arroz
  • tempero caseiro ou alho picado ou seu tempero favorito
  • cebola picada em cubos pequenos
  • azeite ou óleo de sua preferência

Modo de preparo:

Aqueça a panela, coloque azeite, refogue a cebola, coloque uma pitadinha de sal (só para a cebola suar), junte o alho (ou tempero), refogue mais um pouco, acrescente o arroz, frite por alguns minutos.

Para congelar:

Espere esfriar e coloque em potes ou sacos zip próprio para congelamento, etiquete e coloque a data e a quantidade de xícaras que refogou para saber quanto de água colocará na hora de preparar e leve ao freezer.

Para cozinhar:

Coloque o arroz congelado e refogado diretamente na panela, coloque a quantidade exata de água (sempre o dobro da quantidade de arroz) assim que estiver descongelado acerte o sal e prepare normalmente.

  • Cuidado com a quantidade de temperos pois o sabor se intensifica com o congelamento por isso prefiro colocar sal na hora do cozimento quando não utilizo o tempero caseiro que já contém um pouco de sal
  • Caso não utilize cebola no arroz não precisa colocar, refogue sem
  • Utilizo aquele arroz que não precisa lavar
  • Quando faço essa preparação já refogo algumas porções de uma vez só e meço em xícaras para separar na hora do congelamento
  • Dura muito tempo no freezer, tenho potinho com três meses e ainda está perfeito

arroz refogado para congelar

Esse post é para guardar para sempre, dica rápida e fácil para facilitar a nossa vida e ter arroz fresquinho quando quiser em poucos minutos!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Você pode gostar também

  1. Mar Vilas

    Há 33 anos, desde minha primeira gravidez, refogo o arroz ao meu gosto, mas não congelo, pois não faz-se necessário- ele não estraga (tem sal e gordura) se conservado normalmente em geladeira, em vasilhas suficientemente grandes para a quantidade refogada. Para cozinhá-lo, basta servir-se da quantidade desejada (a colher grande, maior que a colher de sopa, aquela de servir à mesa, ela é a porção individual para o cozimento). Respeitosamente.

    1. Ana Cláudia Vasques

      Olá, essa ideia é muito boa inclusive já tinha ouvido falar, só que nesse caso de congelamento é para pessoas que não consomem tudo dentro da semana como eu. Obrigada pela dica, volte sempre, abraços

error: Content is protected !!
Fígado com molho de limão e ervas Bife fácil na panela de pressão, sem sujeira de fritura!! Aprenda: Geleia de abacaxi com pimenta, levemente picante Picles de pepino – Conserva caseira fácil Sopa de beterraba assada – Sirva fria ou quente
%d blogueiros gostam disto: