Receitas

Um Giro pela Culinária Japonesa

Um Giro pela Culinária Japonesa

Um giro pela culinária japonesa!

Vamos dar um giro pela culinária japonesa?

A culinária japonesa se desenvolveu e persistiu através de séculos de mudanças sociais e econômicas,
sempre mantendo o requinte regional e tradicional das comidas do Japão.
Os habitantes do país do sol nascente dedicam muito tempo na preparação de
qualquer prato e também quando estão fazendo uma refeição.
Não importa se apessoa está sozinha em casa ou com amigos em um restaurante movimentado,
alimentar-se é um ritual.
A cozinha ancestral do Japão, conhecida como a washoku, é baseada no arroz com a
sopa missô, além de tantos outros pratos, sempre com grande ênfase em ingredientes
frescos das estações.
Em algumas refeições diárias, os acompanhamentos normalmente são peixes, vegetais em conserva e legumes cozidos ainda na condição de brotos.
O peixe é bem comum, muitas vezes grelhado, mastambém servido cru como sashimi ou sushi.
Os legumes da estação são refogados rapidamente em manteiga light.
Além do arroz, os pratos mais populares incluem noodles ou macarrão japonês, como o sobá e o udon.
O Japão possui ainda muitos pratos cozidos em fogo brando como o caldo de peixe e soja com legumes e ovos cozidos chamado de oden, ou um cozido de carne com batatas muito conhecido – sukiyaki e nikujaga.
Historicamente, os japoneses sempre rejeitaram a ingestão de carnes, porém após a revolução moderna no Japão de 1880, os pratos baseados em carnes de porco, como o tonkatsu, são cada vez mais comuns hoje em dia.
Um Giro pela Culinária Japonesa
Image: Wkipedia
O arroz é sempre servido em pequenas tigelas redondas chamadas chawan, e cada tipo de prato é servido em
pequenas travessas chamadas sara ou em tigelas especiais chamadas hachi, para
cada porção individual. Este ritual é repetido também em casa, mesmo que seja apenas
uma refeição informal da família.
Um Giro pela Culinária Japonesa
Image: Pixabay
A delicadeza na apresentação do prato na culinária japonesaé muito apreciada e o alimento deve ser ingerido em um ritual quase místico. O
sabor de cada ingrediente deve ser mantido e saboreado individualmente, ou
então, numa combinação perfeita com o prato principal.
Osjaponeses demonstram um cuidado muito especial na preparação dos alimentos. A
escolha é sempre pelos ingredientes mais frescos e os que são de época. Em
alguns pratos especiais, até cerimônias são necessárias para complementar o
processo de preparação dos alimentos.
Na hora de servir, tudo isso é levado em consideração. E espera-se que a pessoa deguste o elemento sutil do prato, ou
seja, respeite e cultue todos os estágios da preparação, reverenciado o sabor
de cada prato.
Um Giro pela Culinária Japonesa
Image: Pixabay
Apesar de já haver acontecido em grande número nos anos do pré-guerra, foi somente após a Segunda Grande Guerra que os Japoneses se
espalharam pelo mundo, especialmente para o Brasil, onde sua culinária
permanece intacta ainda nos tempos atuais. Na cidade de São Paulo, a comunidade
Japonesa se reúne em sua maioria no bairro da Liberdade, onde os restaurantes
oferecem uma enorme variedade de pratos deliciosos que os brasileiros
aprenderam a amar.
Mesmo com dois pauzinhos, ao invés de talheres convencionais, o pessoal daqui aprendeu a usar o hashi sem
muita dificuldade
. Parece até um sacrilégio e uma grande ofensa deixar de usar o hashi nas
refeições japonesas.
O empenho e o esmero na preparação de uma refeição reflete o respeito por tudo que usamos como alimento. O corpo é o templo da
alma, dizem os japoneses, portanto, alimente-o com devoção e cuidado!
No inverno, uma das refeições mais agradáveis é uma sopa em noites frias, portanto aqui vamos aprender como fazer uma deliciosa
sopa, que é a companheira ideal dos dias frios! A sopa missô é aquela bem
temperada, com cebolinhas verdes e tofu, servida na maioria dos restaurantes
Japoneses antes que as travessas de sushi chegam.
Nas noites frias de inverno, a sopa é uma das refeições mais agradáveis. Então, vou lhe ensinar a fazer uma com ingredientes muito
fáceis de serem encontrados em qualquer loja de temperos, e que além de deliciosa
é também a companheira ideal para os dias gelados. Para prepará-la vamos
necessitar de um ingrediente imprescindível em quase todas as sopas japonesas: o
dashi.
PREPARAÇÃO:
·
1 litro de água
·
25 gramas de alga kombu,
·
25 gramas de peixe bonito
·
1 nabo médio
·
1 repolho médio
·
4 folhas de couve fresca
·
2 batatas grande
·
1 peito de franco sem osso,
·
sal à gosto
·
cebolinha verde picada e coentro
RITUAL:
Em uma panela, adicione a água, a alga kombu e o peixe e leve ao fogo até ferver. Assim que levantar fervura, retire do fogo e deixe descansar durante 20 minutos para apurar o sabor do peixe (este é o caldo dashi).
Acrescente ao caldo já pronto todos os legumes, o peito de frango cortado em pedaços pequenos, tempere e ferva lentamente.
Caso queira, você também pode acrescentar tofu à sua receita. Outra sugestão é bater o nabo no liquidificador e adicioná-lo ao caldo
durante a fervura para engrossá-lo.
Sirva ainda quente.
*Guest Post

GOSTOU? OLHA ISSO AQUI TAMBÉM!


Imprima Imprima

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *