Doces Receitas Sobremesas

Arroz Doce

UAAAUUU, acabei de aterrizar da Grécia, eita país lindo e fascinante que escolhi para a BC Sabores e A a Z do Blog Cozinha de Mulher.

A sua culinária é rica em sabores.

Pena que a crise financeira está afetando tanto o país.

Escolhi algo bem simples, escolhi o arroz doce por ser prato típico da Grécia e estava com vontade de comer.

Como são duas blogagens no mesmo dia e queria participar das duas vamos viajar um pouco também pelas cores, porque tem a BC Arco Íris do Blog Tachos vc Panela e a querida Cris do Salpicos Doces escolheu esse mês a cor Rosa.

Eu trago Cupcakes de Amêndoa Recheado de Doce de Leite com Cobertura de Buttercream Rosa, hum… Delícia!!

Vale a pena ir até o final!!

BLOGAGEM SABORES A a Z – Cozinha de Mulher da minha querida amiga Sheilinha

Rizógalo, Ρυζόγαλο, Arroz doce

Ingredientes:
1 xícara de chá de arroz
1 xícara de chá de água
1 litro de leite
2/3 de xícara de chá de açúcar
1 ramo de canela em pau
10 cravos (não coloquei, pois não gosto)
Canela em pó

Modo de preparo:
Cozinhar o arroz na água.Quando a água tiver praticamente secado, adicione os demais ingredientes.Cozinhar em fogo baixo até engrossar, cerca de 15 minutos, mexendo às vezes para não grudar.Coloque em pratos ou potinhos, polvilhe canela e deixe esfriar.

Dicas:
Se preferir mais doce, coloque mais açúcar ou um pouco de leite condensado.

Não coloque muito cravo para não ficar amargo.

Se desejar, coloque baunilha.

(Para o meu paladar a quantidade de açúcar foi suficiente)

Um pouco sobre a Grécia:

A Grécia é muito invejada pela sua posição geográfica, sobressai pelas outras pela sua beleza que a natureza não lhe poupou. Com suas montanhas majestosas, suas planícies, nas quais a vista humana se perde na imensa vastidão de terras todas bem cultivadas com processos modernos; os vales – cujo solo muito fértil vem nutrindo, por tantos milênios, milhares de pessoas – na primavera se tornam um imenso jardim de flores cuja fragrância enche os ares de suave odor.

O clima, dos mais agradáveis, convida à vida ao ar livre, que tem sido a inspiração das gerações que por alí passaram e dos que lá vivem. O sol nêste canto da terra brilha mais, porém, sem queimar. O céu límpido, de um azul claro, assemelha-se às águas do mar que a banham. Alí tudo é encanto, é festa, é beleza.

E’ lá que vive um povo sadio, corajoso e forte, porém, humilde e nobre. Entrega-se ao cultivo da terra com dedicação, enquanto sua inteligência sempre viva e apta para aprender, procura decifrar problemas profundos e filosóficos que a envolvem e dêles tirar conclusões para a aplicação prática da vida.

E’ um povo que tem por índole não descansar em coisa alguma, antes, prossegue em buscas de novos conhecimentos, alargando seus horizontes na medida do possível.

Eis uma das características do povo grego. O menino que nasce, ainda na primeira infância encontra um meio que o estimula a crescer intelectualmente e quando moço já tem noções gerais de tudo quanto se passa pelo mundo. E’ costume dos gregos freqüentarem um lugar que na própria linguagem dêles é chamado “cafenion” (lugar onde se toma café). Alí reunem-se homens de tôda classe discutindo vários assuntos correntes do dia, como sejam: lavoura, comércio, política, ciências, jogos, filosofia, literatura, enfim, tudo o que se passa pelo mundo.

Para estímulo da juventude há clubes de diversão onde se cultiva altamente a solidariedade, o que faz os gregos uma nação forte que o inimigo nunca pode vencer. Podem haver discórdias, cada um tem uma opinião, mas, na hora precisa todos se unem em um corpo e vencem aquêle que ousar atacá-los.

O jornal é um dos meios mais eficientes pelos quais o povo grego adquire cultura. Os jornais gregos são verdadeiros livros e custam barato. Em se falando da educação, hoje em dia as coisas são bem modificadas. Não há mais escolas peripatéticas ou discípulos que aprendem no mercado, mas, escolas bem modernas e professores que ministram aos seus alunos a sabedoria dos séculos.

A Grécia, apesar de muitas dificuldades financeiras mantém todo o ensino dêsde o primário, que consta de 6 anos obrigatórios, até o mais alto curso universitário, tudo gratuitamente. Nas universidades se estuda muito a filosofia e a vida dos antigos gregos cujas obras sempre foram de muito valor para a humanidade.

A nova Grécia é uma continuação da velha, pois segue a mesma linha. Ainda que ela tenha passado por uma decrescência muito grande; quando passou para o domínio turco, pôde conservar acêso o sagrado fogo das letras e transmití-lo às gerações futuras.

Foi em 1800 que apareceram os vultos mais notáveis da literatura, ao quais, inspirados pelo profundo sentimento da liberdade, a que tanto almejava o povo grego, produziram obras de grande efeito. O resultado foi que êles puderam levantar no povo o alto sentimento da nacionalidade e em poucos anos livrarem-se do jugo opressor. Temos uma infinidade de obras desta época, mas, infelizmente, por muitos desconhecidas.

Se me perguntardes qual o esporte que mais se pratica na Grécia, eu terei dificuldades em responder-vos. Os gregos são esportistas, porém, se dão mais ao trabalho criador e útil do que ao esporte.

Quanto à religião, predominam lá os ortodoxos. A igreja evangélica conquista muito terreno através do testemunho dos fiéis em Cristo, os quais sustentam a fé mesmo nas mais duras perseguições. Um grande avivamento se manifestou após a última guerra, cujo resultado é espantoso. Tal foi o movimento que até a própria igreja ortodoxa estremeceu de mêdo de perder a Grécia nas mãos dos evangélicos.

Culinária Grega:

A cozinha grega é uma das mais saudáveis, saborosas e perfumadas do mundo. É recheada de grãos, azeite, legumes, vegetais, iogurtes e mel, comporta elementos doces e salgados em todos os pratos e ainda tem nas oleaginosas, como o nozes e gergelim, um ingrediente comum a muitas receitas.

Alho, ervas frescas, como o orégano,alecrim, tomilho e louro, peixes, frutos do mar, pães, cereais e a carne de carneiro

O churrasco grego, que tem versão bastante popular pelas ruas das grandes cidades brasileiras, existe e é um prato muito apreciado. Geralmente é feito com carnes sobrepostas e de diversos animais, como porco, frango e carneiro.
As frutas são muito importantes na mesa grega. Seja em forma natural ou seca, elas fazem parte de todas as refeições e compõem muitos pratos típicos. Em destaque estão as uvas, melancias, melões, pêssegos e figos.

Hábitos gregos
O almoço e o jantar são as refeições mais importantes para os gregos. Eles começam com o mézede até a sobremesa em ritual sem pressa e com direito à sesta. “Esse hábito faz com que a alimentação grega fique ainda mais saudável”, diz o professor de gastronomia do Senac-SP, Alessandro Nicola.
Na sexta-feira, o consumo de qualquer tipo de carne é proibido para os gregos e a população ainda preserva essa cultura religiosa.

Fontes:
http://philosophiagrega.no.comunidades.net/

http://culinaria.terra.com.br/dicas/preparando/0,,OI818023-EI150,00.html

BLOGAGEM COLETIVA ARCO ÍRIS – Cor Rosa – Tachos vs Panelas da minha querida amiga maninha Margarida

CUPCAKES DE AMÊNDOAS RECHEADO DE DOCE DE LEITE COM COBERTURA DE BUTTERCREAM ROSA

Rosa, já foi minha cor preferida. Com o tempo acabei mudando um pouco, quem sabe foi a maturidade, ou não… Afinal para mim o rosa lembra infância, brinquedos, lembranças de quando era criança,somente momentos bons e ainda me agrada muito.

A receita do cupcake está aqui:Cupcake Recheado de Doce de Leite

Nessa versão do cupcake substituí a essência de baunilha pela de amêndoa.

BUTTERCREAM DE AMÊNDOA

Ingredientes:

1 xícara de manteiga sem sal em temperatura ambiente
2 xícara de açúcar de confeiteiro bem peneirada
2 colheres de sopa de leite em temperatura ambiente
2 colheres de sopa de essência de amêndoas (pode ser a essência de sua preferência)
Corante vermelho

Modo de preparo:Bata a manteiga com o açúcar por 10 minutos se for batedeira planetária, senão dobre o tempo.


Acrescente o leite e a essência e bata por 5 minutos (lembrando: se não for batedeira planetária, dobre o tempo). Coloque o corante, bata mais um pouco.

Coloque na geladeira por 5 minutos e cubra os cupcakes.

Significado da cor ROSA:

A cor rosa é o vermelho suavizado com o branco.

O rosa é uma cor emocionalmente descontraída, que influi nos sentimentos convertendo-os em amáveis, suaves e profundos.

Nos faz sentir carinho, amor e proteção. Também nos afasta da solidão e nos converte em pessoas sensíveis.

Assim como o vermelho reflete mais a parte sexual, o rosa está relacionado ao amor altruísta e verdadeiro.

A cor rosa está associada ao signo de Libra.

As palavras chaves da cor rosa são: inocência, amor, entrega total, ajudar ao próximo.

Uma terça feira mais que linda para todos!!!
Beijos!!

GOSTOU? OLHA ISSO AQUI TAMBÉM!


Imprima Imprima

30 Comentários

  1. Bom dia Ana,
    Ótima participação, gostei muito da viagem à Grécia, esse país encantador e da receita do arroz doce tradicional.
    Os cupcakes ficaram lindos capazes de encantar qualquer jovenzinha, também deliciosos.
    Beijo,
    Vânia

  2. Olá! Adoro a Grécia , é um país que me fascina . Mas esse Arroz Doce … Menina … Que delicia !!! Vou levar essa tacinha cmg ! À pois vou !!!
    Quanto aos cupcakes , nem sei que te diga … Ficaram fabulosos !!! Vou trazer a receita cmg e vou sem duvida experimentar 😉
    Obrigada pela referêcia , um beijinho bem doce e bem salpicado de alegria !

  3. Bom diaaaaaaaaaaaa minha doce e querida amiga, Grecia sem duvida é um pais lindo d+!!! Quando vc ca vier se a situaçao financeira estiver melhor, pegamos um voo baratinho e vamos ate lá… eu amo de paixao a Grecia… Quanto a arroz doce… ficou com um aspecto delicioso, mas eu tenho um problema… nao gosto ehehehhehe…

    Os cupcakes estou sem palavras estao lindos, lindos, lindos… adorei!!!

    Beijocas

  4. Olá

    Querida Ana eu já estive na Grécia e só sei que fique espantada quando sai a rua depois do almoço e estava tudo fechado lol lol , a fruta é coisa que não falta em todas as refeições e das mais frescas 🙂 é uma terra maravilhosa, o seu arroz doce ficou tão cremoso hummm e esses cupcakes ai ai que delicia 😀

    Bjs

  5. Aninha que delícia…
    Eita que o voo estava demais em??
    Nós três juntinhas… rssr
    Eita lelê..
    Adoro arroz doce, pena que lá em casa as formigas não apreciam nem um pouquinho.. e pra fazer só pra mim não teria graça nenhuma..
    Mas.. eu bem que queria viu?? Ficou tão lindo!!

    Quanto ao cupcakes…. Hummmm
    Delicinha demais..
    Ficaram tão fofinhos..
    Adorei!!

    Mais uma vez queria agradecer o carinho de participar da BC.. a presença de vocês é maravilhosa..
    Um beijo carinhoso e vamos ver pra onde vamos ainda hoje né?? rsrs

    Sheila

  6. Querida Ana Claudia,
    adorei viajar com vc, que lugar lindo e maravilhoso!
    O seu arroz doce ficou super cremoso e tem gostinho de quero mais…..hummmmm!
    Os cupcakes estão perfeitos, post nota 10, adorei!

    Beijinhos ♥

  7. Adorei as duas participações 🙂
    Porque adoro arroz doce e é das sobremesas mais tradicionais que existem 🙂

    E porque também gosto muito de cupcakes… sabia que estive também quase a fazer ? rsrs
    Ficaram mesmo lindos com essa cor ROSA 🙂

    Bjokas

  8. Aninha acho que estávamos no mesmo voo…rsss! Eu adoro arroz doce, o seu ficou lindo e parece delicioso! E o que são esses cupcakes? Ficaram lindos demais, adorei!!!
    Bjsss e to aqui torcendo pra sua tosse ir logo embora também!!!
    Mel

  9. Olá minha querida Ana Claudia!
    É muita delícia em um único post!
    Adoro arroz doce e deve estar um delícia esses cupcakes, amei!
    Que os seus dias sejam ESPECIAIS! Beijos, saúde e sucesso sempre.
    laylafonseca.blogspot.com

  10. Claudinha,
    Eu tenho paixão por arroz doce, meu pai gostava muito e me faz voltar na infância.
    Tb sou a favor de menos açúcar, mas gosto de um cravinho pra dar um toque.
    O cup ficou muito princesa com o rosinha =)
    Um bejim procê!

  11. Claudinha querida tem aqui duas receitas que adoro, arroz doce e cupcke, adorei sua participação, a viagem a Grécia é fascinante. O arroz doce adoro quentinho miga, e os cupcakes de amêndoas com essa cobertura além de lindos devem estar deliciosos. Belissimas participações. Bjocas

  12. Pelo visto essa blogagem está ficando cada vez mais um deslumbre, tenho visto tanta coisa linda da Grécia e as receitas então…esse arroz doce e o cupcake são uma prova disso, delícias!
    Parabéns pela participação!
    Bjuss!!!

  13. Gente! Amei seu post!

    Muito bacana! Confesso que não sabia que arroz doce era típico da Grécia!
    Por sinal, é um país que eu tenho muita vontade de conhecer!!!! É lindo demais! pena que esteja envolvido em uma crise tão complicada!

    Beijo

  14. Ana Claudia, tô bege… Jamais imaginaria que o arroz doce é prato típico da Grécia! É delicioso e dos meus doces favoritos. Poderia garantir que o prato era caipira, aqui do Brasil! rs rs rs Que bacana saber disso aqui! Aproveitando, estou sorteando lá no blog uma lembrancinha da minha viagem para Florianópolis e ficarei feliz se você tiver interesse em participar do sorteio. Grande beijo, Paula

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *